Tão Longe Tão Perto


Mi Buenos Aires querido
04/03/2011, 10:07
Filed under: Argentina, Mi Buenos Aires querido | Tags:

Mi Buenos Aires, querido vizinho,

Obrigada por me ensinar, nos primeiros meses do ano, a diferença entre café con leche, apenas cortado, solo, en jarrito e lágrima. Obrigada por me apresentar a gente interessante e guerreira, por mostrar que não é só na Índia e no Brasil que o povo rala de manhã até de noite, mas procura fazer o que gosta, ri de si mesmo, rebola no improviso e me inspira pra me virar também quando tudo aparentemente dá errado.

Gracias también por me aproximar de amigas que estavam distantes, ampliando minha rede de calor humano e apoio agora também na América Latina. Valeu pela liberdade desse tempo sem carro, nem escritório ou celular e por me lembrar como é gostoso sentir o ventinho na cara, com atenção para motoristas que às vezes respeitam os ciclistas. E que sorte me manter perto de casa o suficiente para não perder conexões e oportunidades profissionais.

Obrigada por me fazer trabalhar músculos adormecidos e cada centímetro das minhas papilas gustativas, por mostrar que ainda sou jovem pra aprender e me reinventar, mas já estou velha para a covardia. E se vieram varizes de brinde no subir e descer as escadas, que elas simulem as sinapses que os neurônios afogados no vinho já não fazem, para me lembrar histórias engraçadas do jogo de decifrar o castellano e o jeito porteño. Em uma semana me voy.

Hasta lueguito!

Anúncios