Tão Longe Tão Perto


Mesa posta
21/02/2014, 9:40
Filed under: Mesa posta

Imagem

Ao contar histórias – reais ou fictícias, curtas ou longas, densas ou leves – perde-se o controle. Um pedaço de papel recheado de memórias e invenções agora segue sem rumo. A porta de casa está aberta para quem quiser entrar, acomodar-se e servir-se de um petisco apimentado, enquanto beberica alguma coisa que pegou da geladeira. Por favor, entenda que ainda estou testando as panelas, portanto, proponho um menu compacto, mas bem temperado, curtido por três anos em simbolismos que só agora proponho organizar minimamente, mas que você tem toda a liberdade para embaralhar de novo. Com um brinde de boas-vindas, agradeço a visita e te convido a viajar por aproximadamente duas horas. O tempo de um voo doméstico.

Por esse período, estamos conectados, compartilhamos o status de viajante. Mas não me engano, não tenho o menor controle sobre suas interpretações ou julgamentos. Fique à vontade. Uma das partes mais saborosas do processo dessa primeira escrita é receber de volta as mais diversas leituras. Todas igualmente interessantes para quem começa a brincar com as palavras: a de quem seguiu de trem, decifrando detalhes quase não ditos ou de quem pegou um avião e vê um recorte da cidade lá de cima, em perspectiva panorâmica.

Na auspiciosa noite de 11/12/13, eu e meus comparsas do selo Longe abrimos a cozinha no Cine Brasília. Apareceu tanta gente interessante que o lançamento tornou-se uma verdadeira Festa de Babete, com aproximadamente mil convidados das mais diversas fases da vida. Agora chegou a hora de pôr a mesa em São Paulo, na não menos cabalística data de 22/2. Com o frio na barriga de quem não sabe bem quem vai aparecer para jantar, arrisco trazer a pimentinha indiana para a matinée da Livraria da Vila (da Fradique). Você é meu convidado de honra.

Lançamento do selo Longe no dia 22/2, de 15h às 18h, na Livraria da Vila (Rua Fradique Coutinho, 915)

Livros:

Depois das Monções: relato de uma temporada na Índia, de Gabriela Goulart Mora

Chéri a Paris: um brasileiro na terra do fromage, de Daniel Cariello

Anti-Heróis e Aspirinas, de Yury Hermuche

A Rua de Todo Mundo, de Carol Nogueira

Mais sobre o selo e os livros neste link.

Anúncios

2 Comentários so far
Deixe um comentário

Assistindo à entrevista da Gabriela no Canal Universitário, confesso ter ficado maravilhada! Não conhecia o blog nem a autora, mas compartilho de alguns dos seus sentimentos e sei o quão difícil ser mulher e querer viver o novo. As pressões são as mesmas, a sensação de não pertencimento no retorno também. É como se tudo estivesse no mesmo lugar que deixamos, exceto nós, que partimos. No ano passado fui à China sozinha para passar o ano, e confesso que me apaixonei pela experiência. Imagino que meu próximo destino será a Índia, e vou agora em busca do livro! A entrevista foi gostosa, leve, me senti conversando com uma amiga de longa data! Parabéns pela entrevista e pelo livro! Muito sucesso!

Comentário por Paula de Melo Coutinho

Paula, obrigada pelo comentário generoso e pela conexão Brasil-Ásia. Fiquei curiosa para ouvir suas histórias!
Forte abraço!

Comentário por Gabriela Goulart Mora




Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: